Desenvolvimento Pessoal

Aqui você vai encontrar posts que vão te ajudar a se desenvolver pessoalmente

  • 10 etapas para criar um podcast de sucesso

    10 etapas para aprender a fazer um podcast de sucesso

    Os podcasts não estão apenas em alta porque representam uma ótima maneira de consumir conteúdo digital, mas porque se tornaram uma fonte de renda muito lucrativa.

    Além disso, por serem portáteis, oferecem a possibilidade de ouvi-los de onde você estiver, do seu próprio celular ou tablet.

    Para o público, os podcasts tornaram-se excelentes canais de informação e entretenimento, por isso não é surpreendente que alguns criadores tenham se dedicado a gerar receita com eles.

    Isso significa que eles descobriram como ganhar dinheiro criando e disseminando conteúdo realmente valioso, interessante e autêntico através da sua voz.

    10 etapas para aprender a fazer um podcast de sucesso

    📌 Achou esta postagem útil e inspiradora? Quer ler mais tarde? Salve ESTE PIN em seu perfil no Pinterest!

    Como fazer um podcast para aumentar sua receita

    Se você decidiu cuidar de suas finanças e, acima de tudo, trabalhar em casa que seja divertido e produtivo para você, recomendamos que aprenda a fazer um podcast.

    Neste artigo, compartilharemos informações úteis sobre podcasts para que você saiba o que são e por que são tão populares e lucrativos hoje.

    Além disso, vamos lhe ensinar como criar um podcast de sucesso em algumas etapas, para que você tenha uma nova fonte de renda extra ou um novo canal de atração para que possa alcançar a liberdade financeira que tanto almeja.

    👉 Veja também: Os princípios do Sucesso e a sua vida dos sonhos

    O que é um podcast?

    Um podcast é uma publicação de áudio ou vídeo digital que você pode baixar ou ouvir na Internet por meio de determinados programas especiais.

    É como um programa de rádio totalmente baixável que você pode enviar para sua página ou blog, ou que você pode até mesmo compartilhar em plataformas muito populares como SoundCloud, iTunes ou Spotify.

    Na verdade, essas plataformas impulsionaram a expansão e difusão de podcasts em todo o mundo de uma forma incrível.

    Aprenda como criar um negócio digital lucrativo do zero ao avançado

    Passo a passo para fazer um podcast:

    Aqui estão as etapas e informações que você precisa definir e testar, a fim de criar um podcast:

    1. Determine quem é seu ouvinte ideal

    Esta primeira etapa é vital para que seu podcast alcance o sucesso esperado. Consiste em identificar quem é aquela pessoa que estará disposta a ouvir ou assistir ao seu podcast, dependendo do formato e da plataforma em que você decidir compartilhá-lo.

    Se você não dedicar tempo para definir seus gostos, necessidades e preferências, você corre o risco de gerar conteúdos que não atraem ninguém.

    Assim, você estará perdendo tempo, esforço e dinheiro, já que seu podcast não será ajustado ao que seu público potencial deseja ouvir.

    Definir seu público-alvo é sinônimo de definir seu nicho de mercado. Portanto, você deve especificar o tema ou categoria do seu podcast desde o início.

    Definir bem o seu público é muito relevante, pois você deve se lembrar que existem milhões de pessoas fazendo o mesmo que você. Ou seja, imaginando como fazer um podcast ou como iniciar negócios lucrativos dessa forma.

    Como definir seu público:

    A seguir, listaremos algumas das perguntas que você deve fazer a si mesma ao definir seu público-alvo ideal:

    • Quantos anos tem?
    • É homem ou mulher?
    • Do que gosta ou tem paixão?
    • Quais são suas necessidades atuais?
    • Como você pode melhorar a vida deles com seu podcast?

    Depois de responder a todas essas perguntas, você terá criado o perfil de seu ouvinte ideal e terá uma ideia mais clara de como fazer um podcast.

    Após definir seu nicho de mercado (quem ouvirá seu podcast), você deve criar sua proposta de valor, que aborda esta questão: por que seu nicho ouviria o seu podcast (ao invés dos outros)?

    👉 Veja também: 10 razões pelas quais você deve iniciar um podcast

    Exemplo de definição do público-alvo:

    Suponha que você decidiu criar um podcast sobre publicidade digital. Nesse caso, seu público ideal pode ser estruturado da seguinte maneira:

    • Sexo: homens e mulheres.
    • Idade: entre 25 e 35 anos.
    • Gostos ou interesses: publicidade digital, anúncios de mídia social, posicionamento orgânico, tráfego pago, publicidade de aplicativos, publicidade de plataforma social, marketing digital.
    • Cargos: profissionais recém-formados, ou profissionais que ocupam cargos em áreas relacionadas à Publicidade, Relações Públicas, Marketing, Vendas, Negócios Digitais, etc.

    Com esses dados, você saberá muito bem o tipo de conteúdo que deverá abordar nos episódios do seu podcast de Publicidade Digital. O melhor de tudo é que você terá a certeza de que agregará valor real ao seu público.

    Isso significa que os homens e mulheres entre 25 e 35 anos, que constituem seu público ideal, terão grande interesse em consumir seu conteúdo sempre que você o compartilhar.

    Como resultado, seu podcast se tornará viral aos poucos, e você estará moldando um dos negócios de sucesso mais lucrativos e de vanguarda do momento.

    É importante mencionar que é possível que outras pessoas tenham interesse no seu podcast, e tudo bem, embora você tenha definido um público-alvo, é impossível prever com 100% de acerto que essas serão as únicas pessoas que irão consumir seu conteúdo.

    2. Planeje seu conteúdo digital

    Acabamos de dizer que você precisa trabalhar profundamente no conteúdo que irá compartilhar com seus ouvintes.

    Um bom podcast envolve muito trabalho de produção e pesquisa, pois não se trata de sentar em frente ao microfone para falar sobre assuntos triviais, muito menos improvisar.

    Se o seu objetivo é fazer um trabalho de qualidade que permita que você se divirta, ensine algo valioso aos seus ouvintes e, ao mesmo tempo, ganhe dinheiro em casa, você deve dar o seu melhor.

    Quer criar designs incríveis e atraentes com o Canva? Saiba mais sobre o Curso Canva para Negócios!

    Como definir o conteúdo do seu podcast

    Aqui estão algumas dicas importantes para ajudá-lo a definir o conteúdo do seu podcast:

    – Faça uma lista com os possíveis temas que você poderia abordar em cada um de seus episódios –pelo menos durante o primeiro mês de produção de conteúdo.

    – Se você possui um blog, ou qualquer outro canal de marketing relacionado ao perfil do seu podcast, não hesite em consultar o seu conteúdo mais popular para que possa ter ideias que lhe permitirão divulgar seu novo projeto.

    Veja:  Como criar um Negócio Digital lucrativo do Zero, em um passo a passo em vídeo aulas, CLICANDO AQUI!

    Nessa etapa, ter um plano de conteúdo pode fazer toda a diferença.

    3. Defina o formato do seu podcast

    Se você consome esse tipo de conteúdo com frequência, provavelmente já sabe que existem diversos formatos.

    Desde programas com um único apresentador, até programas com dois ou mais apresentadores ou especialistas.

    Os aspectos que compartilharemos com você a seguir irão ajudá-la a definir o formato do seu podcast de sucesso:

    Defina a duração do seu podcast: Em média, os podcasts mais ouvidos em plataformas como iTunes e Spotify duram cerca de 45 minutos (dados gringos).

    Determine a frequência ou periodicidade do programa: Quantos episódios você gravará e compartilhará com seu público? Você fará isso semanalmente? Ou mensalmente?

    Estabeleça o cronograma de publicação: É importante que você entenda que seu podcast será como seu próprio programa de rádio ou televisão, portanto, você precisa definir uma data e hora exatas para a publicação.

    4. Seja claro sobre a estrutura do programa

    Estruturar seu podcast não só o ordenará, mas também ajudará seus ouvintes a se acostumarem com seu conteúdo.

    Os podcasts mais populares ou ouvidos no Spotify têm uma coisa em comum: eles são estruturados de tal forma que são previsíveis para seu público.

    No mundo do podcasting, a previsibilidade é uma coisa boa. Isso ocorre porque os ouvintes se acostumam com sua voz, sua personalidade, sua aparência e, acima de tudo, com a estrutura do seu programa muito rapidamente.

    Por exemplo, se você tem um programa de entrevistas e começa cada episódio com um perfil de seu entrevistado, estará aderindo a uma estrutura que se tornará a marca pessoal de seu programa.

    Dicas para estruturar seu podcast:

    Inclua uma introdução, um desenvolvimento e um encerramento: Desta forma, vc manterá o foco durante todo o episódio e não se sentirá dispersa, confusa ou distraída.

    Crie um roteiro: mais uma vez, o podcast é muito semelhante a um programa de rádio e televisão.

    É por isso que é totalmente compreensível que você crie um script de trabalho que reúna todos os dados, números ou histórias que você deseja abordar enquanto está gravando, para que nada escape de você.

    Esta metodologia será útil e valiosa se você gosta de trabalhar de forma direta e ordenada.

    Pesquise, leia e prepare: Uma das melhores recomendações que podemos dar é que você selecione um nicho de mercado que você domina muito bem, ou pelo menos melhor do que o resto das pessoas.

    Por exemplo, se você está pensando em como criar um podcast de finanças, o ideal é ter conhecimento sólido e avançado nessa área para que possa se destacar e ter sucesso.

    Mas isto não é tudo. Ao contrário, você deve se atualizar constantemente para trazer valor real ao seu público com o seu conteúdo.

    5. Dê a ele uma personalidade única:

    Se você já pensou em como criar um podcast, é muito provável que tenha demorado um pouco para definir seu nome.

    Acredite ou não, este é um obstáculo comum.

    Pesquise seus principais concorrentes para saber o que eles estão fazendo e como seus programas são chamados, para se inspirar (mas nada de copiar o coleguinha 😉).

    Aqui estão algumas dicas que podem facilitar o seu trabalho de escolher o nome perfeito para o seu podcast de sucesso:

    Pense em um título descritivo:

    Títulos descritivos funcionam muito bem porque ajudam o ouvinte a identificar o tópico do seu podcast rapidamente.

    Uma das maiores histórias de sucesso – nesse sentido – é o programa do famoso rapper Joe Budden , intitulado: The Joe Budden Podcast.

    De acordo com dados oficiais do Spotify, este foi o podcast mais ouvido de 2019, e basta olhar o título para perceber que é totalmente descritivo.

    Certifique-se de que o título seja único:

    É importante que o título ou nome do seu podcast seja totalmente único, autêntico e original.

    Isso tornará mais fácil para seus ouvintes identificá-la.

    Preferi manter o mesmo nome para o podcast do Foco no Digital para criar uma identidade entre site / blog + podcast + perfil do Pinterest + perfil do Instagram.

    6. Grave seu podcast

    Esta etapa pode ser um pouco intimidante no início. É por isso que o melhor conselho que podemos dar é progredir pouco a pouco até que a fase de gravação esteja completamente confortável para você.

    Tenha sempre em mente: melhor feito que perfeito!

    A boa notícia é que você não precisa entrar em um estúdio de gravação profissional para lançar seu projeto.

    Ao contrário, você pode preparar um pequeno espaço em sua casa para gravar seus episódios, e se o podcast for apenas em formato de áudio, você não precisará investir dinheiro ou esforço em decoração.

    Agora, se for em formato de áudio e vídeo, recomendamos usar sua criatividade para que o conjunto de gravações tenha uma boa aparência sem gastar uma fortuna.

    Aprenda como criar um negócio digital lucrativo do zero ao avançado

    O que você precisa para gravar um podcast?

    Abaixo, listaremos o equipamento básico de que você precisa para gravar seu podcast com sucesso:

    Um microfone:

    Escolha um que lhe dê um som bom e aceitável. 

    Também ajuda muito escolher um modelo que tenha conexão USB, já que os sem fio costumam causar interferências.

    Os podcasters mais experientes usam microfones condensadores, pois a qualidade do som é comparável à que obteriam em um estúdio de gravação profissional.

    Abaixo fiz uma seleção com microfones bem avaliados na Amazon:

    Microfone Rook, OEX, Microfones e fones de ouvido

    Mas você pode começar com o seu fone do celular. Não deixe a impossibilidade de comprar um bom microfone te paralisar. Eu comecei gravando o podcast do Foco no Digital com o meu fone do celular.

    Fones de ouvido:

    Os fones de ouvido ajudam você a ouvir o que está dizendo e também são úteis ao entrevistar alguém remotamente.

    Em essência, eles permitem que você ouça a outra pessoa sem que seu áudio cause interferência na gravação.

    Existe uma grande variedade de fones de ouvido no mercado, mas os mais recomendados são do tipo surround, pois são capazes de eliminar completamente o ruído externo.

    Mais uma vez: o fone de ouvido do seu celular pode cumprir esse papel com tranquilidade.

    Mas, para quem quer investir, fiz uma seleção de 2 fones.

    Software de gravação:

    Nesta fase do processo de podcasting, você deve se familiarizar com o software de gravação.

    A maioria deles permite gravar áudio ao vivo diretamente de seu aplicativo, o que é conveniente e versátil.

    Além disso, oferecem-lhe a possibilidade de editar os seus áudios, para que sejam bastante completos e funcionais.

    Atualmente existem vários softwares de gravação gratuitos que vão caber em você como uma luva se você está começando um podcast de sucesso.

    Audacity e Acoustica Basic Edition são dois dos mais populares, e você não terá que pagar por este serviço.

    Eu uso o Anchor que também é gratuito.

    7. Edite o seu podcast

    A fase de pós-produção é extremamente relevante e você não pode ignorá-la se estiver determinado a criar um conteúdo de boa qualidade em um nível técnico. A edição envolve:

    • Coordene os níveis vocais de todos os interlocutores.
    • Reduza o espaço morto entre uma frase e outra.
    • Ajuste os níveis de efeitos sonoros e música de fundo.

    Esta etapa também pode ser concluída com um programa de edição de áudio, pago ou gratuito, e você nem precisa ser um editor profissional para concluí-lo com sucesso.

    8. Faça upload do seu podcast

    Carregar seu podcast significa hospedá-lo em um site de hospedagem, pois a partir daí você pode compartilhá-lo com seu público.

    Para isso, você deve hospedar o arquivo de áudio que gravou na sexta etapa em uma plataforma especialmente projetada para isso, como SoundCloud, Spreaker.com ou Libsyn.com.

    Existem também hosts gratuitos.

    No caso do Anchor você pode gravar o seu podcast no celular (direto no app), fazer as edições e disponibilizar nos principais canais como Spotify, Apple Podcasts e Google Podcasts. Sem precisar fazer o upload em um site de hospedagem.

    Como fazer upload do seu podcast para o Spotify:

    Sem dúvida, o Spotify é uma das plataformas mais utilizadas para consumir podcasts hoje.

    É por isso que queremos explicar resumidamente como fazer upload de um podcast no Spotify de forma rápida e fácil:

    Faça upload do seu podcast diretamente do Spotify: Se você for fazer upload do RSS do seu podcast pela primeira vez, é melhor usar a plataforma Spotify de Podcasters.

    Use uma hospedagem de podcast: Esta é a forma indireta de enviar seu podcast para o Spotify porque você terá que recorrer a um site de hospedagem, (como os que mencionamos há pouco), para concluir esta etapa sem problemas.

    Finalmente, com apenas alguns cliques, você terá enviado com sucesso o seu podcast para o Spotify, e a partir daí milhões de pessoas poderão acessá-lo de onde quer que estejam.

    9. Comece e avalie sua estratégia

    Não importa a desculpa que você está dando a si mesma para adiar o início das gravações do seu podcast de sucesso, é hora de começar hoje. Depois de ler este guia, você terá as bases necessárias para realizar este novo projeto.

    Essa é a única maneira de saber se sua ideia de podcast será bem recebida.

    Depois de lançar seu podcast para o público, você terá a oportunidade de ajustar as estratégias, técnicas e o modelo de programa que criou. Só então você pode evoluir para criar um público sustentável e lucrativo a longo prazo.

    Lembre-se de que milhões de pessoas estão interessadas em consumir esses conteúdos de áudio ou vídeo porque os acham divertido, prático e educativo.

    Você literalmente tem a capacidade de mudar sua vida usando sua voz, sua inteligência e algumas ferramentas técnicas que você pode acessar gratuitamente nesta era globalizada.

    10. Divulgue o seu podcast

    Agora que você já colocou os primeiros episódios no ar e promoveu ajustes necessários, divulgue o seu podcast para amigos, em grupos do seu nicho, em seu perfil de Instagram, no seu site e onde mais fizer sentido.

    Dê voz ao seu conhecimento e sucesso!

    👉 Veja Como criar um Negócio Digital lucrativo do Zero, em um passo a passo em vídeo aulas, CLICANDO AQUI!

    Continue lendo

  • Empreendedorismo materno: Porque os negócios online são os melhores

    Empreendedorismo materno: se você é mãe e está procurando maneiras de ganhar dinheiro em casa, enquanto cuida dos filhos, leia esse post.

    Se você é mãe e quer fazer acontecer… este post é para VOCÊ! Hoje vamos falar porque os negócios online são os melhores quando se trata de Empreendedorismo materno.

    Muitas mães, assim como você, estão procurando maneiras de ganhar dinheiro e, ao mesmo tempo, cuidar dos filhos em casa. Especialmente depois da pandemia.

    Aqui no Foco no Digital, acreditamos firmemente que nunca houve melhor momento para iniciar um negócio online. 2020 nos ensinou muito, mas ficou especialmente claro que ter uma presença online passou a ser essencial. 

    Ter um negócio online pode lhe dar o melhor dos dois mundos – ganhar dinheiro usando seus talentos e agregar valor a outras pessoas, ao mesmo tempo em que você pode ficar em casa com seus filhos. Isso não significa que seja sempre fácil, mas é incrivelmente recompensador.

    Se você é uma mãe que está pensando em iniciar um negócio online, queremos compartilhar por que acreditamos que o negócio online é melhor e por onde você deve começar. 

    Empreendedorismo materno: Por que os negócios online são os melhores 

    1| Tenha mais tempo livre

    Ter a opção de trabalhar em casa é algo que muitas pessoas desejam, mas é especialmente desejável para mães. Muitas mulheres sentem que precisam escolher entre trabalhar e seguir uma carreira ou ser uma “mãe que fica em casa”. E se você pudesse ter os dois? 

    Existem infinitas possibilidades quando se trata de trabalho que você pode fazer em casa – totalmente online – enquanto também cria seus filhos! Se você está trabalhando em casa, pode dizer adeus ao tempo perdido no trânsito e em deslocamentos.

    Além disso, imagine ser capaz de levar os filhos à escola, fazer lição de casa, levá-los em alguma atividade extra ou sair para viajar na 6af ou esticar até 2af, sem se preocupar com horários ou implorar ao seu um chefe por uma folga.

    Um negócio digital permite que você tenha mais tempo para fazer o que é mais importante para você.

    Aprenda como criar um negócio digital lucrativo do zero ao avançado

    Postagem relacionada: Como ganhar dinheiro na Internet: 10 fórmulas que funcionam em 2021

    2 | Flexibilidade

    Administrar um negócio online oferece uma flexibilidade incrível. Você não precisa se reportar a ninguém, não têm um horário engessado e pode criar uma programação que funcione melhor para você e sua família. Você pode começar e terminar seu trabalho quando quiser e fazer sua programação em torno de seus filhos! 

    Talvez você deixe seus filhos na escola, trabalhe por algumas horas, encontre uma amiga para uma aula de ginástica e depois trabalhe mais algumas horas antes da hora de pegar seus filhos. Ou talvez você tenha filhos mais novos e prefira trabalhar na hora da soneca! 

    A beleza dos negócios online é que você pode adaptar sua programação de trabalho à família e não precisa pedir permissão a ninguém para fazê-lo!

    Você pode lavar roupa suja, limpar o banheiro, preparar o almoço, fazer o seu trabalho doméstico que precisa ser feito e, em seguida, trabalhar no seu negócio online! 

    Chega de ficar olhando o relógio tiquetaquear até chegar às 17h. Você pode ser tão produtiva quanto quiser! Obviamente, a chave aqui é criar limites fortes desde o início – para que você não trabalhe à noite ou nos fins de semana para tentar recuperar o atraso.

    Postagem relacionada: Os princípios do Sucesso e a sua vida dos sonhos 

    3 | Baixo custo inicial

    Você já sonhou em abrir um negócio … mas ficou presa pensando em quanto teria que investir? Os negócios online permitem que você evite os altos custos iniciais exigidos pelas empresas físicas.

    Você não precisa se preocupar em pagar aluguel em algum lugar por um espaço de varejo ou compromissos de aluguel de longo prazo. Mesmo se você quiser vender produtos físicos, você não precisa nem investir seu dinheiro em estoque – você pode configurar um drop-shipping e ter outra pessoa armazenando e enviando os produtos!

    4 | Liberdade Geográfica

    Outro grande benefício de estar online é que você não está limitada a nenhuma fronteira geográfica. Você pode oferecer seu produto ou serviço a qualquer pessoa em todo o mundo! 

    Além disso, você pode trabalhar de qualquer cidade ou mesmo de outro país. Achamos isso muito legal, não é?

    Todos concordamos que 2020 nos ensinou muito, mas é especialmente claro que ter um negócio online é uma grande vantagem. Se você é uma mãe que está pensando em mudar de carreira ou deseja abrir um negócio, CLIQUE AQUI para aprender Como criar um Negócio Digital lucrativo do Zero, em um passo a passo em vídeo aulas!

    5 | Você pode escolher o seu negócio!

    Digamos que você tenha comprado a ideia de ter um negócio online … mas por onde você começa ?? Nós a encorajamos a começar a pensar sobre seus dons e talentos especiais. 

    Você é criativa e gosta de criar arte ou joias? Você tem treinamento em uma determinada indústria ou área? Você adora organizar as coisas ou criar algum tipo de produto?

    Faça uma lista de todas as coisas que você gosta ou nas quais tem experiência – e as coisas que você adora fazer. Os negócios online de maior sucesso são aqueles que se alinham com seus talentos e pontos fortes. Se você está tendo problemas para pensar no que você tem talento ou especialização, pergunte a seus amigos e familiares ou até mesmo a ex-funcionários e colegas de trabalho!

    O meu ebook gratuito Como ganhar dinheiro com Blog traz algumas outras dicas também. Clique aqui para baixar!

    Experimente escrever todos os seus talentos / experiência no meio e, em seguida, pensar em ideias mais específicas para produtos ou serviços que poderiam ajudar as pessoas de maneiras únicas!

    O céu é o limite.

    Aprenda como criar um negócio digital lucrativo do zero ao avançado

    6 | Há mais de uma maneira de construir um negócio online

    Se você acabou de fazer uma pequena sessão de brainstorming para identificar suas ideias de negócios, você pode ter ideias até o pescoço. 

    Pense agora em como você construirá esse negócio e que tipo de trabalho realmente seria bom para você?

    Isso ajuda a focar em alguns tipos de negócios diferentes: Serviços, Produtos e Freelance.

    1. Negócios baseados em serviços

    Com uma empresa de serviços, você se oferece para realizar uma tarefa ou concluir um projeto para alguém. Você essencialmente “faz isso por eles”. Você pode, por exemplo, criar logotipos para empresas, ser gestora de redes sociais, oferecer ajuda contábil ou trabalhar como assistente virtual para outras empresas online. 

    Algumas pessoas ensinam ou oferecem educação sobre tópicos nos quais têm experiência, por exemplo, ensinar um idioma, oferecer aulas de ginástica, criar planos de refeições ou oferecer coaching de vida.

    2. Negócios de produtos

    Os negócios baseados em produtos envolvem a compra de um determinado item pelo cliente, seja um produto físico ou digital. Você pode fazer seus próprios produtos ou adquiri-los de um atacadista ou despachante. Muitas mulheres criam seus produtos e vendem em plataformas como o Elo7, Shopify ou Nuvenshop.

    Os produtos digitais também estão em alta. Você pode criar e-books ou cursos digitais sobre um determinado assunto que ensinam às pessoas o “como fazer”. As possibilidades são infinitas – abra a sua mente!

    Outra opção e criar um Negócio de Marmitas Fit em casa. O Curso Fit lucrativo ensina o passo a passo para criar o seu negócio de marmitas do zero.

    3. Negócios Freelance

    Um freelancer é alguém que faz contratos de trabalho para terceiros. Eles ganham dinheiro “por trabalho” ou “peça”. Existem tantas oportunidades diferentes para freelancers! 

    Muitos escritores, profissionais de marketing social, editores, digitadores de dados, assistentes, tutores online e fotógrafos usam o freelancer como forma de criar um negócio online.

    Existem alguns cursos que ensinam como se cadastrar e trabalhar para empresas como Google, Netflix e Facebook. Saiba mais clicando aqui.

    Já pensou em se tornar uma gestora de tráfego pago (anúncios no Facebook e Instagram Ads, Google e Pinterest)? Clique aqui para saber mais.
    Empreendedorismo materno: se você é mãe e está procurando maneiras de ganhar dinheiro em casa, enquanto cuida dos filhos, leia esse post.

    📌 Achou esta postagem útil e inspiradora? Quer ler mais tarde? Salve ESTE PIN em seu perfil no Pinterest!

    Pensamentos finais 

    Você está pronta para iniciar seu negócio online? 

    Se ainda não e quer se preparar, clique aqui para conhecer o método que mudou o meu jogo e pode mudar o seu também!

    Mas, principalmente, confie em você! 

    Temos toda a confiança do mundo de que você pode usar seus dons e experiências para criar um fluxo de renda para sua família – ao mesmo tempo em que pode ficar em casa com seus filhos. 

    Força! Lute como uma mãe!

    Veja também:

    –> 5 maneiras de ganhar dinheiro com blog em 2021

    –> Os princípios do Sucesso e a sua vida dos sonhos

    –> Como ganhar dinheiro na Internet: 10 fórmulas que funcionam em 2021

    Continue lendo

  • Princípios do Sucesso #5 Acredite em você

    Quer construir a sua vida dos sonhos? Clique para ler sobre Os princípios do sucesso e a sua vida dos sonhos. Um guia para você descobrir o seu propósito e alcançar metas e objetivos.

    Esse é o sexto episódio da nossa série A sua vida dos sonhos! E hoje vamos falar sobre o princípio 5 Acredite em você!

    Se você ainda não leu o primeiro episódio da série Os princípios do Sucesso e a sua vida dos sonhos ou o anterior Princípio 4 Acredite que é possível, clique aqui.

    Vamos ao episódio de hoje e à sua trilha para a vida que você sempre sonhou.

    Quer construir a sua vida dos sonhos? Clique para ler sobre Os princípios do sucesso e a sua vida dos sonhos. Um guia para você descobrir o seu propósito e  alcançar metas e objetivos. Acredite em você! Você pode!
    Salve no Pinterest!

    Princípio #5 Acredite em você

    Para alcançar seus sonhos mais ambiciosos é preciso acreditar que você tem o que é necessário para realizar o seu sonho. Você tem que acreditar em você. Você pode chamar de autoestima, confiança em si mesma, segurança das suas capacidades ou convencimento absoluto de ter o que se requer para obter os resultados que deseja. Não importa qual nome você vai dar o que importa é que você conquiste essa confiança.

    Quer construir a sua vida dos sonhos? Clique para ler sobre Os princípios do sucesso e a sua vida dos sonhos. Um guia para você descobrir o seu propósito e  alcançar metas e objetivos. Acredite em você! Você pode
    Salve no Pinterest

    Acreditar em você mesma é uma atitude.

    Acreditar em vocÊ é uma escolha que você faz. É algo que você pode desenvolver com o tempo.

    É claro que ajuda ter pais positivos. Mas a verdade é que a maioria de nós teve pais comuns que não se deram conta da importância de transmitir autoconfiança para gente e muitas vezes acabaram repetindo as crenças limitantes e alguns condicionamentos negativos que eles mesmo receberam.

    E aqui, trazendo o princípio da autorresponsabilidade (Princípio #1), é importante você mudar esse jogo.

    Você deve decidir acreditar em você. Acreditar que você é capaz de qualquer coisa que se proponha. Seja o que seja.

    Porque na verdade é assim que é, você é realmente capaz de atingir o que você quer.

    Talvez seja necessário desenvolver algumas habilidades, mas, nesse caso, o que você tem que fazer é mapear essas habilidades e ir adquiri-las! Construir o conhecimento ou a habilidade necessária para atingir o seu sonho e que te falta.

    Estudos mais recentes sobre o cérebro indicam que com a correta direção e visualização positiva complementados com a devida capacitação e com a prática e treinamento adequado qualquer pessoa pode aprender a fazer quase qualquer coisa.

    Lembre-se: é você que decide em que acreditar. E é nessa hora que é muito importante você não se limitar e saber que você realmente pode alcançar o que você quiser.

    Abandone o não posso. Você pode!

    Sempre que vier algum pensamento do tipo Ah, isso eu não posso, eu não consigo, isso não é para mim, na mesma hora fale para si mesma: Eu posso eu consigo, eu vou conseguir. Estou desenvolvendo as habilidades necessárias para alcançar o que eu quero!

    Elimine do seu vocabulário palavras como não posso e não consigo.

    Não desperdice a sua vida acreditando que não pode. Viva a sua vida acreditando que você pode, que você consegue.

    Não se importe com que os outros dizem

    Além de crer em você mesma é importante não se importar com que os outros pensam sobre você. O que eles pensam é problema deles.

    Você deve se fixar no que você pensa. No que você quer atingir. Acredite em você!

    Você deve tomar as suas decisões. Quando for pensar nas suas metas pense apenas no que você quer, em quais são os seus verdadeiros desejos. Não pense nas metas, desejos, opiniões e critérios dos seus pais, dos seus amigos, do seu marido ou dos seus filhos. Aqui estamos fixando metas pessoais. E, por mais que as nossas metas pessoais esbarrem nas metas dos nossos conviventes, o que deve prevalecer nesse momento é o que VOCÊ QUER. Porque essa é a sua vida.

    Seja protagonista e não coadjuvante

    Eu sei que esse é um pouco difícil para nós mulheres. Muitas vezes a gente acaba deixando os nossos desejos de lado em detrimento do que é melhor para a família. Mas é hora de trazer protagonismo a sua vida.

    É muito importante que você consiga o que quer na vida, porque só assim você vai ser uma pessoa realizada e feliz. E a sua felicidade é extremamente importante!

    Não estou dizendo que o seu marido não seja importante, nem dizendo que você não deva pensar na sua família. Mas, estou dizendo que você não pode deixar os seus desejos de lado. Dê um basta nisso imediatamente e se apodere do palco que é seu. Ocupe o seu espaço.

    Porque a vida está passando e se você está vivendo apenas o que é bom para as outras pessoas, se você está preocupada em não desagradar os outros mesmo que isso custe os seus sonhos, você não está vivendo a vida que deseja. É hora de planejar e tornar real a vida dos seus sonhos.

    Em alguns momentos é natural deixarmos alguns objetivos, metas e sonhos de lado por conta da sua família, mas isso não pode ser uma constância.

    Quer construir a sua vida dos sonhos? Clique para ler sobre Os princípios do sucesso e a sua vida dos sonhos. Um guia para você descobrir o seu propósito e  alcançar metas e objetivos. Acredite em você! Você pode!
    Salve no Pinterest para lembrar

    Por isso é tão importante ter clareza do que você realmente quer, do que você sonha para a sua vida. E dar a devida importância aos seus objetivos, porque só assim eles se tornarão reais.

    Lembre-se: essa é a sua vida.

    Regra dos 18 / 40 / 60

    Quando está falando sobre a importância de não se importar com que os outros pensam, o autor traz a regra dos 18 / 40 / 60. Que significa que aos 18 anos a gente se preocupa com que os outros pensam da gente. Aos 40 anos a gente já não se importa com que os outros possam pensar sobre a gente. E aos 60 a gente se dá conta de que ninguém nunca pensou na gente.

    Surpresa? A verdade é que na maior parte do tempo ninguém pensa na gente mesmo.

    Claro, que tem sim pessoas que estão preocupadas com as nossas vidas. Pessoas fofocando sobre as nossas vidas. Mas e daí? Aproveite para fingir que não está vendo.

    Porque se você gasta tempo se preocupando com isso é tempo perdido. Tempo que você poderia pensar e desenvolver suas ideias, investir em conhecimento, poderia estar cuidando de você ou se divertindo.

    Você é capaz de coisas extraordinárias

    Acreditar em você mesmo é uma atitude. Confie e faça tudo ficar melhor.

    Lembra que com a devida capacitação e com a prática qualquer pessoa pode aprender a fazer quase qualquer coisa?

    Por isso saiba que você realmente pode alcançar o que você quiser. Basta se capacitar e praticar!

    Por isso, sempre que vier algum pensamento do tipo Ah, isso eu não posso, eu não consigo, isso não é para mim, na mesma hora fale para si mesma: Eu posso, eu consigo! Eu estou desenvolvendo as habilidades necessárias para alcançar o que eu quero! E vou conseguir!

    Elimine do seu vocabulário palavras como não posso e não consigo.

    Não desperdice a sua vida acreditando que não pode. Viva a sua vida acreditando que você pode, que você consegue.

    Não se importe com que os outros dizem.

    Seja protagonista e não coadjuvante! Acredite em você e crie a sua vida dos sonhos!

    Espero você no próximo post para cada uma de nós chegar aonde queremos!

    Um beijo!

    Gostou do artigo? Compartilhe com as amigas!

    Continue lendo